quarta-feira, maio 19, 2010

How am I suposed to work things out?

Nunca chegastes a sentir tanta frustração em relação a uma pessoa, que a única coisa que você espera é que ela seja vomitada por algum bêbado no meio de uma festa, ou sofra qualquer outra humilhação pública muito forte?

Eu já. Eu já.

7 comentários:

Anônimo disse...

alguém já te disse que "je ne regrette rien" quer dizer "eu não me arrependo de nada", ao invés dessa outra frase da img?

Pâmela Martini disse...

madrugastes heim!

Tchê, não sei se te referes ao subtitulo do blog, se for o caso, eu explico: "eles são complementares, não é tradução, criatura!"

Não me arrependo de fazer nada. e faço de TUDO simplesmente por estar viva. se alguém me contesta a respeito de algo q fiz, eu respondo a mesma coisa, c certa ironia talvez...

capicce?

Pâmela Martini disse...

Que afronta à minha inteligência...

aprés tout, je parle un peu français...

ts ts ts

(um pooouuuco)

Ana Roberta disse...

bah... total afronta do moço(a) anônimo(a). ;D
.
respondendo a tua pergunta: eu já!
(muitas vezes na vida e também recentemente)

Pâmela Martini disse...

poxa... odeio quando isso vira bate papo e ngm se precupa em falar do post...

o vida

Van. disse...

Bah... Mas pra que tanta “raiva” (gerada pela frustração) nesse coração? Ultimamente a única coisa que tenho esperado é não esperar nada de ninguém. Confesso que é difícil né? Mas eu tento justamente pra não gerar decepções como essas. Até porque a culpa disso é nossa. E por isso, muitas vezes, esse "sentimento" que tu descreveste aí acaba se desviando e se direcionando diretamente a mim, por mim (quando meu dou conta que, de certa forma, poderia ter evitado... pelo menos teoricamente...que coisa eu né?).
Bem, eu já senti isso, mas foi extremamente momentâneo, eu acho.

Ah, e que coisa mais linda a foto do cabeçalho! Adorei! xD

Pâmela Martini disse...

só fui ver teu comentário agora mulher!
Poisé... é dificil entender que é nossa culpa... na nossa cabeça, as intenções sempre são as melhores, e é uma faca no orgulho quando as pessoas não entendem isso.

*sigh*


ah, valew pela foto queridona.