terça-feira, maio 11, 2010

Nota de um boca-aberta

Descer um degrau imaginário é pior que errar a hora em que a escada termina.

Um comentário:

Drug disse...

Minha coluna concorda...