quarta-feira, outubro 15, 2008

Não há espaço para inconformações

Pois nem todos os meus sonhos e expectativas se concretizam, mas ao menos tenho umas costas banquinhas que me convidam ao sono dos inocentes.

Um comentário:

Pequena. disse...

Este blog está virado em um diário de duas vidas. Talvez eu até trocasse o nome, mas tudo que escrevo aqui são as coisas para as quais eu realmente vivo... não há necessidade alguma...

Ao menos não tão cedo espero eu.