sexta-feira, outubro 03, 2008

Rêveries et délicatesses

Apressava-se na frente com a chave para abrir a porta, enquanto ele trazia as compras do jantar. Já sabia o lugar de cada coisa e no apartamento nada se ouvia além dos tilintares de talheres na cozinha e os sapatos dela sendo atirados contra algum canto da sala. Sentiam-se crescidos. Poucos momentos eram tão intimos quanto aqueles.

Nenhum comentário: