sábado, janeiro 10, 2009

We try, but we don't belong (tu-du-dum)

Sozinha no enorme saguao do hotel sonhando com o homem da webcam, com um pacote de estalinhos que ninguém comia à anos e o moleton da muttylein. Hora perfeita para ressucitar aquelas tao queridas músicas que marcaram minhas vidas passadas, sacudir o pó e dar sentido a elas novamente!

Um comentário:

Hugo Ceregato disse...

Cara, vou começar a ler seus post como sorte do dia, rs.