quarta-feira, maio 13, 2009

Simples assim

"São 6 horas aqui em Poa city blues e o sol foi substituido pelas luzes da cidade que reverberam sobre as estradas espelhadas de chuva. Estou enxarcada feito um cusquinho de rua. Só consigo pensar na tarde que 'não' tive e os sanduiches com nescau gelado no almoço. Fazem exatamente nove mêses, uma gestação inteira - estamos juntos, cheios de histórias e lembranças boas, ou nem tanto. Tudo conta quando os pontos são ligados corretamente. Eu sempre gostei dele demais, só não queria me comprometer a um nome efetivo. Mas que muda realmente o nome uma vez que o câncer já está acomodadinho la dentro, vivendo as custas de nossa vitalidade? Azar do nome. Azar do politicamente correto, das fofocas adversas e desamizades. Estou apaixonada. Não quero terapia. Quero torradas de madrugada, olhos escuros e desenhos animados no computador. Tive que sofrer pra descobrir isso. Horrores.

...

A chuva cai gelada. Eu olho pra trás, tentando manter o cabelo longe dos olhos e, apesar de estar super atrasada, com inúmeros problemas pendentes e o vento forte quase me derrubando da ponte, não tenho outra coisa a dizer: O dia está maravilhoso."

Nenhum comentário: