segunda-feira, maio 02, 2011

Sinto falta dela


... sempre tive vista privilegiada para os poços de luz centrais dos prédios. Decadentes. O bolor dos condomínios floridos com fachadas de mármore e portas de vidro. Cheios de plantas secas e meias puídas estendidas em varais de ferro; mofo, reboco, som ecoado de televisão, de novela das 8, de fofoca e briga, som-de-meu-Brasil. O lado B da classe média Porto Alegrense e meu atual bom dia para o mundo.

Nenhum comentário: