quinta-feira, janeiro 29, 2009

Tudo aquilo dentro de mim...

Era tarde demais
Era triste
Era muita coisa de uma só vez
Era lindo, não escondia
Era vivo, até no silêncio de palavras
Era um sentimento contido que doia
Era aquele rosto que não saia da cabeça
Era o sorriso, o vestido
Era a necessidade de saber
Era uma vontade de se fazer presente
Era um sonho não correspondido
Era a solidão
Era o amor incondicional
Era a cor das unhas
Era a desilusão
Era a sutileza do olhar
Era a saudade
Vencida pelo tempo... finalmente.

4 comentários:

Pequena. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pequena. disse...

Passo... e a ferida já não sangra mais.

Buci disse...

cool blog, very fashion but cool jeje

Mariano disse...

muuuuuuuuy lindo lo que escribis...

saludos desde tu vecina Argentina