domingo, maio 10, 2009

Whoo! Alright! Yeah Uh-Huh!

Bom, depois do terremoto, a paz volta a reinar neste corpinho e o fim de semana foi prova disso (ok, não é bem verdade). Quando as coisas não funcionaram do jeito que tínhamos planejado e ele não fez questão de contornar a situação bem no fim de semana em que, com todas as nossas forças, resolvemos ficar em casa, eu fechei a carranca e me excluí de todo mundo esperando que ele fosse atrás. Claro! Aconteceu que ele não foi e minha vontade era fazer terrorismo dentro daquele apartamentinho que, pra mim, sempre foi um pouco cheio de mais. Não achava justo que um casal besta que passa a semana inteira junto tivesse mais direitos do que nós. Não senhor. E foi ai que me acabei num choro copioso e interminável, até meus olhos incharem, o nariz endubir e ele finalmente chegar... Ok, me ganhou por n motivos. Decidi me acalmar finalmente e tudo virou em ceva e conversas construtivas, jogados na cama, num sábado a noite.

Já o domingo começou gostoso, o Rapha teve a possibilidade única de "provar" (sendo sutil) o melhor galeto gaúcho-chileno do mundo. Liguei pra minha muttylein mais amada da vida desejando todos os abraços que não podia dar e passeei de carro até os cafundós da terra. Depois foi a nossa caça interminável ao DVD num feriado de domingo (ha!) e o giving up final: quando não se tem mais o que fazer, faz-se o óbvio. Yeah! Voltei pra casa saudosa e meio sentida pelas minhas atitudes, sendo seguida incansavelmente por um gatinho lindo e super smpático que me fez pensar que, talvez eu possa ser uma boa companhia afinal de contas.

Foi um weekend bem casal... e eu gostei, gostei até cansar de gostar. E se não fosse o suficiente, ainda teve um monte de notícias ótimas empilhadas. Depois de tanto tempo incentivando ele voltar a ativa, tive um retorno agradabilíssimo, ganhei fotinhas do meu amado, soube de festas programadas e mais um monte de novidades! Stay tunned :)

Agora eu fico sentada com os olhos rasos e um sorriso lado a lado: O que essa vida me espera?!