segunda-feira, junho 21, 2010

Hora da caridade, pois não sou o homem de lata.

Uma vez perguntaram pro Chico Xavier, qual era a estação do ano que ele mais gostava. O velhinho simpático respondeu calmamente: "Verão... porque o pobre sofre menos."
Na época que li isso, foi um baita coice nas canelas, já que sempre gostei daquele friozão de rachar a cara ao meio, mas nunca pensava em quem sofria com o inverno, por não ter uma casinha, ou abrigos pra vestir... Hoje em dia o desdém é tanto, que a maioria das pessoas, nessa época do ano, nem se dá conta da quantidade de gente que morre nas ruas, de gripe, pneumonia e hipotermia. E fazer nada por impotência, frente a quantidade de necessitados, é uma grande bobagem, pois ajudar, com o mínimo que se pode, seja com um par de meias de natal ou com aquela jaqueta de tactel fosforescente que você não usa desde o inverno de 94, já faz um bem danado. Afinal essas pessoas não estão nem um pouco preocupadas em combinar cima e baixo ou mudar o look a cada dia. Diferente de nós, hedonistas por natureza, tem muita gente por aí que só quer sobreviver.

E sério tchê... ajudar é tri bom!

2 comentários:

Anônimo disse...

tô com 2 megas sacolas cheias de roupas para dar. eu levo direto ali no chocolatão. aí tenho certeza de que tudo foi entrege nas mãos dos necessitados.
Até seguro as lagrimas pra não chorar na frente deles. é tão bom ver um sorriso de gratidão...

Pâmela Martini disse...

que ótimo! aqui em são lé, a gente leva no centro espírita. lá eles tem as roupas bem separadinhas por tamanho e por estação, então as famílias recebem bem direitinho conforme a necessidade.

^^