segunda-feira, agosto 02, 2010

Neurose de compensação

Como a existência indiferente de alguém pode me deixar tão vulnerável? Eu simplesmente odeio pensar que é simples assim, resultado da minha cabeça sozinha.

Nenhum comentário: