terça-feira, dezembro 06, 2011

Love is like music

Educar musicalmente o seu filho não é interferir na sua personalidade e tolhi-lo da espontaneidade de suas escolhas, e sim um processo prematuro de auxílio no desenvolvimento de seu caráter. E onde antes havia apenas espaço para Mozart, Beethoven, Rachmaninoff, Chopin e exercícios para desenvolvimento cognitivo, surgiu uma brecha para amores maduros e uma pitada de malícia. Nine Inch Nails é definitivamente um deles, tão importante para mim quanto quaisquer dos nomes acima citados. Por isso tenho que confessar que chorei arco-íris e sangue de fadas ao ouvir versões infantis de músicas tão pesadas e soturnas quanto Hurt.
Meus bebês se emocionarão quando mais velhos descobrirem o que realmente ouviam, original version. Mas como dona Viviana sempre me adverte: não pense o que fazer com os ovos, antes mesmo que a galinha os ponha. Ok. A dona galinha abaixa a cabeça e sorri envergonhada, com uma ponta de regozijo no canto do bico escondido pelas penas da asa. Nasceu pra ser mamãe... é simplesmente tudo que ela quer na vida.

Nenhum comentário: